Outubro Rosa – Prevenção do Câncer de mama e psicologia

 

outubro-rosa--preveno-do-cncer-de-mama-e-psicologia-psicopostagemO câncer de mama é o segundo mais comum no Brasil

Manter um bom estilo de vida e o equilíbrio biopsicossocial, são medidas fundamentais para a prevenção

O estresse pode aumentar as chances do desenvolvimento do câncer de mama, e a psicoterapia, associada à prática de atividade física e alimentação saudável, podem ajudar no controle emocional e prevenção.

 

É importante realizar o auto exame regularmente, além dos exames médicos periódicos de prevenção, para que sejam percebidas alterações precoces na pele ou pequenos nódulos palpáveis ao auto exame.

 

O diagnóstico precoce aumenta muito a chance de obter a cura completa do câncer

 

E o que fazer se tiver o diagnóstico de um câncer mama? Como reagir?   A psicologia pode ajudar?

|Medo |Crenças distorcidas em relação a doença |Experiências negativas vividas com amigos e familiares |Incertezas sobre o tratamento e o futuro |Necessidade de reorganização da rotina |Ansiedade e depressão

Todos esses pensamentos e reações acometem não só a pessoa doente, mas também os familiares.

 

 

A psicologia desempenha um papel importante no apoio e fortalecimento de todos os envolvidos.  Ao acolher o paciente e sua família, trabalhar a psicoeducação sobre a doença, mostrar outros caminhos e maneiras de pensar e reagir, a psicologia consegue aumentar o entendimento e mostrar outros significados sobre a doença. Uma maior possibilidade de aceitação e adesão ao tratamento podem trazer melhores resultados e enfrentamento do que há por vir.

 

A psicoterapia pode ajudar o paciente a identificar e trabalhar os aspectos emocionais e suas crenças em relação a esse novo desafio. Fortalecer e aumentar o entendimento de que ele pode realizar o que for necessário (auto eficácia).

 

Pacientes e familiares podem ser capacitados a ampliar o repertório de estratégias de enfrentamento, reaprender a lidar de forma mais hábil e resiliente com essa nova realidade, aumentando as chances de sucesso e tendo uma melhor aceitação dos efeitos colaterais que o tratamento certamente trará.

 

Por: Daniela Ladeira Reis

Psicóloga clínica

Terapia cognitiva.

outubro-rosa--preveno-do-cncer-de-mama-e-psicologia-psicopostagem

Dra. Daniela Ladeira

FORMAÇÃO PROFISSIONAL

Psicóloga clínica, especialista em terapia cognitiva comportamental pelo instituto WP/RS.
Mestre em família na sociedade contemporânea pela universidade católica do Salvador.
Doutoranda pelo instituto de ciências da saúde (UFBA).
Possui certificação em entrevista motivacional através do curso de aperfeiçoamento da doutora Neliana Buzi Figlie SP e em terapia cognitiva processual através do treinamento do doutor Irismar Reis de Oliveira Salvador-BA.
Sócia Fundadora da Clínica Sátt - Saúde em harmonia Salvador-BA.
Atua como professora universitária e supervisora de estágio em psicologia clínica. E como psipcoterapeuta cognitiva.
Atende adolescentes, adultos, idosos e casais.
outubro-rosa--preveno-do-cncer-de-mama-e-psicologia-psicopostagem

Últimos posts por Dra. Daniela Ladeira (exibir todos)